Busque um poema

09 abril 2019

Ascendente

Consciente
Um coração efervescente
Cansado dos seus acidentes
Decidi caminhar prudente

Aprendeu que um ser carente
Apenas pode ser cadente
Recorrer à entorpecentes
Se não cortar os precedentes

Ascendente, eu quero ficar
Vou trabalhar a fé latente
E não vou precisar de gente
Pra me impulsionar

Experiente
Um coração convalescente
Se vendo um sobrevivente
Decidi ser mais sorridente

Aprendeu que um ser contente
Acredita profundamente
No amor que o sagrado sente
Por seu filho benevolente

Ascendente, eu quero estar
Vou lapidar a fé na mente
E não vou precisar de gente
Pra me impulsionar

Pedrosill
Compartilhe esse poema: