Lápis de Cor

4/29/2017
A cada novo dia
A vida nos desenha
Uma nova flor

E todo grão vai germinar
Se a gente cultivar com muito amor

A cada novo dia
A vida nos empresta
Lápis de cor

Pra colorir o respirar
Enaltecer o seu valor

A vida tem mais sabor
Do que você imagina

Pedrosill

Minha Alma

4/12/2017
Minha alma
Deita
Com o frio do sofrimento
Chora
Com o vazio do esquecimento
Sangra
Com os espinhos da desilusão

Cicatriza
Com o calor da esperança
Se recompõe
Com o sorriso de uma criança
Amadurece
Com o silêncio da solidão

Minha alma não morre
Em vão

Pedrosill

Temporal

4/05/2017
O céu fechou de vez
Não sei por que, talvez...
O temporal que ameaçou
Não demorou
Se derramou
E fez

A vida transformar
Como é que eu vim parar
Nesse lugar de solidão
Se minha posição
Foi esperar
Você foi passear

Deixa chover no coração
Pra lavar a alma, dê a mão
Pra elevar a alma, coração
É preciso calma!

O tempo cura ingratidão
Pra lavar a alma, dê perdão
Pra elevar a alma, coração
É preciso calma!

Pedrosill

Meu Pé de Amor

4/04/2017
Eu vi a flor
Lá no jardim
Sorriu pra mim
Depois chorou

Eu vi a flor
Chamar por mim
E quando vim
Só reclamou

Eu vi a flor
Com seu latim
Fez um motim
Que me afastou

Eu vi a flor
No camarim
Do folhetim
Que me cansou

Cantou... dançou...
Cansou!

Meu pé de amor
Secou assim
Desse jasmim
Nada restou

Pobre da flor
Morta no fim
Enquanto a mim
Aqui estou

Pedrosill