Busque um poema

01 novembro 2013

Consequência de Mim

Quem hoje eu seria?
Onde estaria?
O que eu faria?
Se por acaso eu não entregasse o meu coração?

Sei não...
...Sei não!

Que graça teria?
Do que valeria?
O que aprenderia?
Se por acaso eu não estendesse a ninguém minha mão?

Sei não...
...Sei não!

Eu, quando olho o jardim
Consequência de mim
Ajoelho e agradeço
Por cada começo
E todos os fins

Pedrosill
Compartilhe esse poema: