O Tempo

7/24/2012

Eu era o seu experimento
Você que nunca percebeu
Um belo exemplo de tempo
Daqueles que você perdeu

Eu sou concreto, não sou vento
Você que nunca entendeu
Cada segundo é sentimento
Quem valoriza, venceu

Pois sou composto de momentos
Pena de quem nunca viveu
E como sou renascimento,
Quem passa assim por mim, morreu!

E só pra seu conhecimento
Tempo não volta, nem eu

Se todo mundo tem um tempo
Eu hoje sei, não sou o seu

Pedrosill

0 comentários