Gatilho

3/12/2012

Você não pode me oferecer gatilhos!
Eu não consigo me controlar
Eu não consigo esperar
Eu logo atiro!!

Pois se for pra morrer...
Pois se for pra matar...
Não me obstino
É meu destino então puxar o gatilho
E te matar...  de amor!

Meu coração aqui só faz mandar
Eu submisso executo sem pestanejar
E não importa os por quês
Não interessa explicar

Pois se for pra morrer...
Pois se for pra matar...
Não me obstino
É meu destino então puxar o gatilho
E te amar, amor!

O Amor...
É arma que uso pra acabar
Com a nossa dor!
Eu vou atirar amor!

Amor,
Mesmo no escuro
Juro que vou acertar
Eu vou atirar amor!

Pois se for pra morrer...
Pois se for pra matar...
Não me obstino
É meu destino então puxar o gatilho
E acabar com nossa dor!
Eu vou te matar de amor!
Eu vou te amar, amor!

Pedrosill

0 comentários