Te Encontrei

11/10/2011

Quando te avistei
Pra onde foi meu ar?
Sei lá...
Sei lá...

Quando te encontrei
Pra onde foi meu chão?
Sei não...
Sei não...

E disseram
Que achavam
Que seria bem difícil
Eu me apaixonar por você

Me falaram
Que era cedo
Demarcaram exatamente o que eu deveria fazer
Mas não dá

Tem coisas que agente não controla
Tem coisas que agente não prevê
Tem coisas que agente não enrola
Deixa acontecer

(E foi assim com você!)

Quando eu te encontrei
Eu não sei se você sabe
Que eu sei exatamente o que meu pulso quis me dizer

Eu não sei se você sabe
Que eu sei que na verdade a minha boca quis te beijar

Eu não sei se você sabe
Procurei toda a cidade
Um alguém pra me entregar

Esperei, contei as horas
Desisti pela demora
Pensei em desacreditar
Mas não deu

Tem coisas que agente não controla
Tem coisas que agente não prevê
Tem coisas que agente não enrola
Deixa acontecer

(E foi assim com você!)

Então vem cá!
Tem coisas que agente não controla
Tem coisas que agente não prevê
Tem coisas que agente não enrola
Faz acontecer

Pedrosill

1 comentários

  1. Poxa vida!!! Muito bom!!! Só quem não consegue controlar, só quem não consegue prever, só quem não consegue enrolar e que deixa acontecer é que sabe o que isso significa. Realmente! Tem coisas que são inevitáveis de acontecer!!! Amei!!! Parabéns por mais esta lindo poem, meu amigo!!!

    ResponderExcluir