O Herói

7/12/2011

Era uma vez o herói
Que surgiu do nada
Invadiu a minha casa
Só pra tentar me salvar do vilão

Era uma vez o vilão
Que me torturava
Me mantinha preso no canto da sala
Pra não alcançar o amor

Era uma vez um amor
Que dias e noites sonhei sem parar
Inexplicavelmente fui acreditar
Que eu seria mais feliz

Mas enfim
Já não há mais amor nem dor
E o herói me levou pra um outro lugar...
Conversar, namorar e sorrir
Me ganhou num piscar
Já assim...

Era uma vez o herói
Que surgiu do nada
Invadiu a minha casa
E contra o vilão, me salvou!

Pedrosill

0 comentários