Chuva

7/30/2011
Vai!
Cai em mim
De vez em quando
É bom molhar
Eu ontem perdi o medo
E então agora deixo encharcar

Vai!
Forte vem!
Esquece as roupas secas lá no varal
E pra amanhã, talvez,
Fique o bom tempo pra se ter carnaval

Pois quando tem
Pois quando você vem
Em correnteza leva embora
Tudo que me apavora

Pois quando tem
Pois quando você vem
Traz a canção pros meus ouvidos
E logo descubro que não consigo
Ficar sem amar

E nos pingos que exclama
Em poesia derrama
Daquele céu, o seu amor

Pedrosill

- Agradecimento especial a Max Benevenute e Elineide Andrade, que contribuíram através do facebook, respondendo à pergunta: "O que a chuva traz DE BOM pra você?"

Todo Vício

7/27/2011
O que ele fez de bom?
O que ele fez de mau?
Pra você se render assim...
Uma entrega total

O que ele tem de bom?
O que ele tem de bom?...
Ele é mau...
Todo vício é mau!

A sua negação
É um princípio quase que fundamental
Pra você se manter assim
E não ver que não é natural

E toda sua afirmação
De que ele tem começo e fim
É negar pra si
Que o fim começou antes mesmo do final

Ele é mau...
Ele é mau...
Todo vício é mau!
Todo vício é fim
É prejudicial

O que ele faz de bom?
O que ele faz de bom afinal?
Pra te manter assim
Pra te tirar de mim
Afinal,
O que ele traz de bom?
O que ele traz de mau?
No final:
Vai te levar ao afim

Ele é um vício sim...
Ele é seu vício sim...

Pedrosill

Aqui Tem!

7/25/2011
Eu não sou vão:
Então:
Queira ficar
E tentar:
Me descobrir...
Me decifrar!

Eu não sou ele,
Nem como aqueles
Que você vê
Mas que não vê o que tem
Por que não tem!

Aqui
Tem!
Comigo
Aqui
Tem!

Pedrosill

Aceite

7/17/2011
Se você me ama...
Se você me ama mesmo...
Como diz que ama,
Como diz na cama,
Pra ter o que quer!

Se você me ama...
Se você me ama mesmo...
Se você me ama,
Aceita e não reclama,
Minha chama apagou...
Acabou!

Pedrosill

Cutucar

7/14/2011
Cutuca menino
Lelé da cuca
Vai convidar

Cutuca menino
Com vara curta
Pra provocar

Irá se satisfazer
Quando então responder
O lado de lá
A retornar
A cutucar também

Cutuca menino
Que a vida é curta
Não vai machucar
Cutuca
Cutuca
Senão tu surta
Até conquistar
Seu par

Pedrosill

O Herói

7/12/2011
Era uma vez o herói
Que surgiu do nada
Invadiu a minha casa
Só pra tentar me salvar do vilão

Era uma vez o vilão
Que me torturava
Me mantinha preso no canto da sala
Pra não alcançar o amor

Era uma vez um amor
Que dias e noites sonhei sem parar
Inexplicavelmente fui acreditar
Que eu seria mais feliz

Mas enfim
Já não há mais amor nem dor
E o herói me levou pra um outro lugar...
Conversar, namorar e sorrir
Me ganhou num piscar
Já assim...

Era uma vez o herói
Que surgiu do nada
Invadiu a minha casa
E contra o vilão, me salvou!

Pedrosill

No Caso

7/06/2011
Estou tendo um caso
Com um caso seu!
Que nesse caso,
É quase todo meu!

Foi tudo por acaso...
Um caso raro!
Tão de repente...
E ele me escolheu!

E se você deixá-lo...
Por acaso...
Por conta deste caso!
Nesse caso, eu caso!
Não vou deixá-lo,
No descaso seu!

Mas se você tomá-lo deste caso
Se eu for largado...
Nesse caso
Farei caso,
Por este abuso seu!

Pedrosill