Busque um poema

29 março 2011

Despedida

Calma...
Alma...
Vão quando tem!

Vontade...
Saudade...
Ficam também!

Estrada...
Risada...
Marcam por si!

Amigos...
Pedidos...
Fazem seguir!

Mas há mistérios na vida,
Que eu jamais saberia explicar!
Que destinos distintos irão se encontrar?

Há mistérios no mundo,
Que eu jamais poderia entender!
Quem morreu pra ganhar?
Quem nasceu pra perder?

Pedrosill
Compartilhe esse poema: