Busque um poema

28 outubro 2010

Caminhar

Todo rancor que você guardar,
Transforma-se em dor...
Que não vai passar...
Até você perd O ar!
.................P erdoar...
.........Perdo  A r...
.................!...Perdoar........

As escolhas são individuais!
Não cabe entender!
Só basta... aceitar!
...aceitar... aceitar.......

O tapa também fere a quem pertence a mão;
O carro também sofre com a colisão;
Encare não olhar só pro seu coração
Você deve abraçar!

A sentença pode ser diferente, e melhor
Se de repente o pior se relevar
E caminhar!

Pedrosill
Compartilhe esse poema:

17 outubro 2010

Fim de Festa

Como antes revelado
Entre os dois, me restaria um
Pra ser bom amigo
Acolher meu peito
Frente toda escuridão

Vim de olhos bem fechados
Crente não haver problema algum
E hoje o que vejo
Tudo que não presta
Tá ficando pelo chão

Hoje o que vejo
Chegou fim de festa
Fica só recordação

Renovação é minha farra de agora
Chegou minha hora
O meu despertar

Pedrosill
Compartilhe esse poema:

10 outubro 2010

06 outubro 2010

Distração

Na medida certa:
A pessoa errada!
Uma cochilada,
E a paixão te leva!

Na distancia exata
Ninguém se apega
Uma vacilada,
E lá se foi a festa!

Na distração
Lá vem a rasteira
Na distração a brincadeira acaba!

Na distração
Você veio de longe...
Você veio de onde?
Que eu não vi!

Pedrosill
Compartilhe esse poema: