A Meu Ver

6/24/2010

Fiz você
Como o artesão faz com seu barro
Como tudo que é mais sagrado
Como havia de ser...
A meu ver

Fiz você
Como o ditador decide um caso
Como romântico apaixonado
Como havia de ser...
A meu ver

Por mais que negue
Ou renegue o DNA
Por mais que fuja
Nada muda, nada mudará

Fiz você
Como pássaro que monta o ninho
Como quem explora um caminho
Como havia de ser...
A meu ver

Por mais que esqueça
Ou remeta outra explicação
Por mais que drible
Ou antecipe outra encarnação

Nada é em vão!
Nada senão fosse por você!

Pedrosill

1 comentários

  1. Parabéns amigo. Adorei seu novo trabalho, tudo ficou maravilhoso.

    ResponderExcluir