Busque um poema

31 maio 2010

Ruas Paralelas

Ele na loucura dela
Ela é a loucura dele
Duas ruas paralelas
Duas frutas verdes
Um dia vão amadurecer!

Um dia...
Quem sabe um dia...
Um dia eles vão aprender!
Um dia...
Quem sabe um dia...
Eles vão se compreender!

Mesmo que ela ainda peça
Ele não acerta o encaixe
Mesmo que ele enfim encare
Ela abre a brecha
Pra ele se arrepender

Mesmo que ele por si mude
Não será suficiente
Mesmo que ela ainda ajude
Ele inconsciente
Vai colocar tudo a perder

Ele é a loucura dela
Ela na loucura dele
Duas ruas paralelas
Duas frutas verdes
Um dia vão amadurecer!

Um dia...
Quem sabe um dia...
Um dia eles vão aprender!
Um dia...
Quem sabe um dia...
Eles vão se compreender!

Pedrosill
Compartilhe esse poema: