AntiCorpos

5/25/2010

Meu coração
Aprendeu a criar anticorpos
Prevenindo desastres, destroços
A beira de uma infecção
(E com razão!)

A emoção
Hoje fica do lado de fora
Medida preventiva
Contra a vida ilusória
Eu prefiro seguir a razão

Meu pensamento
Isolou-se em um convento
Hoje nada pode distrair
Sem pecados e arrependimentos
Sem previsão de querer sair
(Melhor Assim...)

Meu coração
Aprendeu a criar anticorpos
E me sinto seguro
E não faço esforços
Fico isento da desilusão

Pedrosill

3 comentários

  1. Hummmmm....deixe-me ver...bem, apriore não conhecia o tal blog deste ser q faz parte e que me indicou para ler alguns de seustrabalhos aqui exposto....mas de imediato um já me chamou bastante atenção,"ANTICORPOS" acho que pelo fato de identificar algo nele comigo.

    Djalma Neto.

    ResponderExcluir