Coração de Sertão

4/28/2010
Coração de ser-tão
Rachado
Coração não alimentado
Na visão de quem tem um coração

Coração de ser-tão
Abandonado
Coração não priorizado
Na visão de quem não

Sertão
É ser-tão faminto
A seca varrendo na terra,
O fruto nunca brotará!

Sertão
É ser-tão sofrido
A marca expressa na face,
Quem luta pra não apanhar!

Sertão,
Ser-menos,
Ser-nada,
Ser tão nada...
Fica fácil ignorar

Sertão,
Ser-valente,
Ser-forte,
Ser tão forte...
Plantando na alma a semente
De um dia isso tudo mudar!

Sertão é ser tão...
É ser-tão previsível!
Nada além do que já tenham dito
É tudo que posso falar!

Pedrosill

Catado

4/22/2010
Catei nos dias...
O que fazer?
Catei nas ruas...
Por onde andar?
Catei na sua...
O que amar?
Catei por um tempo,
E cansei!

Fiquei de ver
Que horas passa o lixo lá fora
E deixar...
Na porta a minha sacola
Despachar você

Catei motivos pra festejar...
Catei amigos que nunca pensei!
Catei loucuras, pra variar...
Catei-me sem medo, e voei!

Fiquei pra ver
Que horas passa o bloco lá fora
Me jogar
Na louca festa do agora
Me catar sem demora

Pedrosill

(En) Com-tato

4/06/2010
Entre esses seus contatos,
Com quais você já saiu?
Quem mais nessa sua lábia
Facilmente se iludiu?
Quem tem quase mil amigos
Conhece pouco mais de cem!
Com cobiça muita gente
Ao mesmo tempo
Pode ficar sem ninguém!

E vai ficar...
Só por ficar!
E vai ficar...
Só por ficar!
E vai ficar só!

Não me diga que é passado...
Que não te pertence mais!
Observo já faz tempo
Sei o que você faz por trás!
Até parece que eu iria
Cegamente me entregar!
A experiência é minha amiga
Nunca vai me abandonar...
Mesmo se você disser que vai ficar

E vai ficar...
Só por ficar!
E vai ficar...
E vai ficar só!

Só quem não vê é você!
Que vai ter que aprender:
A se fidelizar

Só! Até mesmo por quê,
Nessa vida não tem como escapar!
Vai ter é que pagar
O preço por ser tão "social"!

Entre esses seus contatos
Com quem mais você brincou?
Entre esses seus contatos
Quem mais te desmascarou?

Pedrosill