Aprendendo a Dizer Adeus

8/14/2009

Eu estou aprendendo a
Aprender a dizer adeus a quem me deu
Aprendendo com quem aprendeu como eu

Meu medo era ficar sozinho num quarto escuro
Na cama, deitado do lado de um novo a cada minuto
Até cheguei a questionar se iria mesmo ser melhor
Não me apegar e seguir sendo só

Eu estou aprendendo a
Aprender a dizer adeus a quem me deu
Aprendendo com quem aprendeu como eu

Nem um segundo eu pensei
No jeito que eu me sinto
Nesse momento e recinto
Se eu sinto a falta que você me faz
Ou se acho que ninguém mais
Vai trazer o que traz sua paz
Só me lembro que quis aprender a não te querer mais

Eu estou aprendendo a
Aprender a dizer adeus a quem me deu
Aprendendo com quem aprendeu como eu

Eu bati na sua porta por horas
Sentei na calçada
Adormeci! Enrolada!
Mas agora já basta
Decidi levantar, ir pra casa
Com minha cara amassada
Esquecer na esquina essa farsa

Eu estou aprendendo a
Aprender a dizer adeus a quem me deu
Aprendendo com quem aprendeu como eu

Como eu poderia fincar a bandeira da devoção
Quando seus pensamentos estão
Tão envoltos à indecisão
Eu irei aprender a dizer
Não importa em quem e quanto vai doer
Adeus pra você, pois eu quero viver

Se não conquistei...
Como posso perder?
Se eu não conquistei!

(Eu estou aprendendo a)
Como posso perder?
Se eu não conquistei
Aprender a dizer adeus a quem me deu

Pedrosill

2 comentários

  1. Ainda sabendo que toda vez que nos aproximamos de alguém, acabamos ficando com menos pra nós mesmos, insistimos nesta divisão, pois seu resultado multiplicativo é o que nos faz demasiadamente humanos!!

    Se liga na para aí!
    Falow!!!

    ResponderExcluir
  2. Eita, sempre acabo engolindo alguma coisa... Se liga na parada aí (leia-se gripe suína!! heheh!)

    Falow!!

    ResponderExcluir