Aparte

2/11/2009

Todo o calor que do amor me restar
Lembranças vagas
Todo o valor que a lição me ensinar
Verdades largas

A Lágrima que insiste em tentar não cair
O ombro que surge pra eu não desistir
O tempo que levarei pra me reencontrar

Toda ferida que deve cicatrizar
Toda esperança que devo deixar brotar
Todas as marcas que irão se perpetuar

Fazem parte desse aparte que nos parte
Mas a vida deve continuar

Toda canção que me fará lembrar
Aquela emoção que um dia me fez sonhar
Com aquele perdão que eu nego te dar

Fazem parte desse aparte que nos parte
Mas a vida deve continuar

Pedrosill

1 comentários

  1. O ombro que surge pra eu não desistir... Ao meu Obro Pedrossil.

    Muito Obrigada...

    Josiane

    ResponderExcluir