Desculpas

10/17/2007

O café derramado
O emprego largado
O celular desligado
O documento não autenticado
O suco muito adocicado
O sorriso forçado
O menino mal acostumado
O povo todo muito ocupado

São desculpas que já não me servem mais
São desculpas que já perderam o sentido
Uma lição que tenho reaprendido
Será que só você não tem percebido?

A vaga roubada
A disputa acirrada
A comida queimada
A máquina parada
Avenida engarrafada
As férias mal aproveitadas
A situação improvisada
As vidas passadas

São desculpas que já não me servem mais
São desculpas que já perderam o sentido
Uma lição que tenho reaprendido
Será que só você não tem percebido?

Qualquer momento é o momento certo pra mudar
Encarar e esquecer desculpas pra justificar
Entender que se quiser nada o impedirá

O ingresso que esgotou
A chuva que não parou
O sapato que molhou
A Encomenda que não chegou
O Funcionário que faltou
A aeronave que atrasou
O clima que não estabilizou
A canção que não tocou

São desculpas que já não me servem mais
São desculpas que já perderam o sentido
Uma lição que tenho reaprendido
Será que só você não tem percebido?

Pedrosill

0 comentários